História do Studio Dizioli


O Studio Dizioli é um estabelecimento de ensino de caráter técnico–artístico-profissional, recebe a todos que desejam estudar ou praticar a arte da dança, oportunizando o desenvolvimento, de formas e maneiras de agir próprias. Aproveitando todo potencial criador e reflexivo, com disciplina, respeito e igualdade de tratamento.

Olhando daqui parece que foi ontem, ontem que tudo começou e, de repente 15 anos haviam se passado, (2003 – 2018), caminhos percorridos, levando na comitiva esse nome Studio Dizioli. Nome, que não foi esse no começo, mas que foi se sedimentando nos olhares e no sentimento daqueles que viam e participavam, irrequietos, sim, nós não podíamos mais parar tínhamos que continuar e crescer.

Novas ideias fizeram o Studio Dizioli crescer socialmente, quando iniciou um trabalho de voluntariado no Céu Cidade Dutra. Projeto que oferecia aulas de dança, oportunizando para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade uma aprendizagem de vida.

A estrutura do Studio se encontra no bairro Vila Emir, à Av. Nossa Senhora do Sabará Nº 2982, instalações adequadas a aulas de ballet, num ambiente agradável, limpo, alegre aos olhos das crianças com equipamentos para melhor se desenvolver as aulas como piso Flutuante, computador, som, mini biblioteca e loja com produtos utilizados pelos alunos, futuros bailarinos.

A diretora artística, presidente, Ângela Gloe Dizioli explica que “amadurecimento, estudo, pesquisas, muita dedicação e paciência, administração dos horários e do novo espaço foram os diferenciais na concretização deste sonho”.

Ao longo dos anos foram montados vários espetáculos e participamos de diversos eventos em : São Paulo, Minas Gerais e Joinville em Santa Catarina.


O Espaço


Fachada.

Fachada.

Recepcão do Studio.

Recepcão.

Espaço da leitura.

Espaço da leitura.


Sala de Classico 1

Primeira Sala de Classico.

Sala Popular

Sala Popular.

Sala de Classico 2

Segunda Sala de Classico.


Depoimentos


Alfredo Klesse

As pessoas do ballet tenho muito a agradecer ganhei novos amigos e companheiros, obrigado por serem tão especiais neste final de ano, estar ao palco com vc foi um grade sonho realizado, que estava guardado em meu coração a 3 anos.

Jucilene Santos – mãe da aluna Geovanna Sophia

Não encontro palavras pra descrever o que significa o Studio Dizioli pra mim. Só tenho a agradecer tudo que vocês fazem para minha princesa (filha).



Carla Regina Feitosa Gross

O dia de hoje foi único e sensacional. O sentimento de estar com pessoas tão amadas compartilhando da dança que por ela nos dedicamos demais e depois de todo esforço ver o resultado do lado de cá do palco é simplesmente fantastico. Muito obrigada pela oportunidade de conhecer pessoas maravilhosas e de reencontrar amigos tão queridos. Só a arte para unir tanta coisa boa. Parabéns aos artistas da vida!!!!

Marco Antonio Guimarães

Lição aprendida no dia de hoje: NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS. Digo isso, pois um sonho é ainda hoje o maior e único jeito de se provar vencedor. A dança pra mim foi de antes a melhor coisa que eu já fiz em minha vida. Começou como um passatempo se tornou algo cotidiano, e hoje é de alma, literalmente cravado em todo meu corpo que não consegue parar de se mexer mais. A maior realização para o bailarino vem do amor pelo que faz, depois, pelos aplausos mais ardidos, altos e calorosos do público. Só tenho que agradecer as pessoas que fizeram de hoje o dia mais incrível do meu ano.



Sheila Scarllet Matias

Quero expor o quanto sou grata a duas pessoas que me apresentaram o Studio Dizioli: Marco e Ingrid. Eu aprendi, durante esses quatro anos e meio, que para ser bailarino o que menos importa é a sua performance física, ter reflexos rápidos, alongamento, abertura então... Não significa NADA! Eu sou a prova disso, pois enfrentei muitas adversidades e isso é o que faz de mim uma bailarina: TER CORAGEM, SER PERSISTENTE E ACREDITAR NAS EVOLUÇÕES Em LONGO PRAZO. Todas as portas foram abertas para mim por duas pessoas incríveis Angela e Dona Irene. A primeira fez multiplicar dentro de mim a esperança de não parar de dançar nunca, me ensinou muitos valores e sempre acreditou em Mim; A segunda tem a capacidade de ser secretaria, mãe, avó, além das obrigações pessoais e mesmo assim abrir seu coraçõa para mais um membro da família, afinal é assim que eu me sinto: mais uma filha. Quero dizer aos meus colegas de trabalho árduo, que conheci este ano, que voces tem aqui uma AMIGA. Tirei muitas lições com voces, tive que confiar em muitos para que a dança saisse como o esperado e recebi deles muitas mãos para ultrapassar meus obstáculos.